Comando para Ignorar Faixa de Opções
Ir para o conteúdo principal
 Coelba inicia ordenamento de cabos nos postes em Vitória da Conquista

Organização da fiação garante mais segurança na rede elétrica e contribui para a urbanização da cidade

A Coelba iniciou o trabalho de ordenamento
dos cabos de telecomunicações nos postes da distribuidora de energia realizando um levantamento das principais avenidas de Vitória da Conquista. Até agora, já foram vistoriados 1.088 postes. A concessionária enviou comunicado para as empresas de Telecom para que elas identifiquem seus cabos nos pontos de acesso das avenidas definidas para o ordenamento.

Os representantes das empresas também foram convidados  a participar de reunião com a Coelba, para apresentação do cronograma e para esclarecimentos sobre a importância do projeto.​

O objetivo da concessionária é garantir mais segurança na rede elétrica e contribuir com a organização do espaço urbano da cidade. O
Plano de Ordenamento das Redes de Distribuição de Energia, Telecomunicações e Iluminação Pública já vem sendo realizado em Salvador, desde 2015, em Feira de Santana, desde o primeiro semestre de 2017, e chega agora a Vitória da Conquista.

O Plano consiste na identificação, retirada de cabos inativos e equipamentos instalados à revelia, coordenação e monitoramento das ações de regularização do cabeamento das telecomunicações e de organização das situações com emaranhados de fios, exposição de riscos de acidentes e poluição visual na cidade.  

Em reunião na sede da Coelba em Vitória da Conquista, no dia 14 de setembro,
representantes de 45 empresas de telecomunicações, incluindo operadoras como Telefônica, Oi e Claro e provedores locais receberam informações do Plano de Ordenamento, que será iniciado pela Avenida Olívia Flores, no bairro Candeias e depois segue para o Centro da cidade, na Rua dos Fonsecas,   Zeferino Correa, Frei Egídio e Maximiliano Fernandes, além da Avenida Rosa Cruz, no bairro Candeias.

As empresas têm prazo até 30 de outubro para identificar os cabos
e buscar a regularização junto a Coelba. Os equipamentos  e cabos sem identificação ou instalados sem o conhecimento da Coelba serão retirados, assim como  placas e cabos desativados. As operadoras que, por algum motivo, estejam utilizando os postes de forma irregular, ou seja, com cabos instalados à revelia da Coelba, devem procurar a concessionária para regularizar a situação. 

O
 compartilhamento dos postes com as empresas de telefonia, internet e TV a cabo é determinado pelas Resoluções Conjuntas 001/1999 e 004/2014,  da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel). De acordo com a Resolução, as empresas que utilizam os postes precisam estar regularizadas e atender normas técnicas e comerciais específicas.

Os contratos celebrados entre a Coelba e as empresas usuárias dos postes explicitam detalhadamente todas as obrigações, dentre elas a responsabilidade pela manutenção e fiscalização das redes por parte das respectivas empresas que utilizam os postes. Ou seja, cada empresa é responsável pela fiscalização e manutenção da rede que lhe pertence.

A Coelba é responsável pela fiscalização, operação e manutenção da rede elétrica.  Durante a fiscalização da rede elétrica, caso seja identificada irregularidade na fiação de outra empresa, a Coelba notifica a empresa responsável para que seja providenciada a devida manutenção. Quando é identificada situação que envolva a segurança, a Coelba elimina a situação de risco e notifica a empresa responsável para as devidas providências.

Locais do Ordenamento de Cabos:

Avenida Olívia Flores -  Candeias
Rua dos Fonsecas – Centro
Zeferino Correa – Centro
Frei Egídio – Centro
Maximiliano Fernandes – Centro
Avenida Rosa Cruz - Candeias

Sobre a Coelba
A Companhia de Eletricidade do Estado da Bahia (Coelba), empresa do Grupo Neoenergia, é a terceira maior distribuidora de energia elétrica do país em número de clientes e a sexta em volume de energia fornecida, sendo a maior do Norte-Nordeste. Presente em 415 dos 417 municípios baianos, a Coelba tem uma área de concessão de 563 mil quilômetros quadrados. A empresa tem 5,9 milhões de clientes (mais de 15 milhões de habitantes).​